top of page

Claro aposta em multicloud e vê IA e dados como futuro

“Nao tem como falar de transformação digital sem falar em cloud e em dados; e governança de dados é fundamental”, apontou o CIO da Claro, Cesar Augusto dos Santos, durante apresentação junto com Leonardo Santos, da MJV, e Carlos Salvador, da Informática, no Telco Transformation Latam, evento da Conecta Latam, que ocorre nos dias 29 e 30/08, no Rio de Janeiro. A Claro vem adotando uma estratégia “cloud first” e transformando toda a sua estrutura, seja legada, seja core business, contou o executivo.

Dentro do processo de transformação digital, um Norte foi usar todos os componentes e ter plataformas que conseguissem direcionar a alta volumetria dados. “É gigantesca e só vai conseguir ter a manipulação de dados se tiver uma plataforma robusta”, acrescentou Santos.

A Claro optou por uma estratégia multicloud para aproveitar o que tem de melhor cada uma delas e, assim, ganhar agilidade. “Não é a transformação da tecnologia pela tecnologia, mas a transformação do que você precisa fazer para atender à corporação e ao usuário final. Para mim, FinOps é ponto-chave na migração para cloud”, pontuou o CIO.

Indo além, a inteligência artificial é outro componente presente nesta transformação. No entanto, o CIO salientou que a IA não vai para frente, se não tiver uma boa estrutura e conseguir tirar insights. “Dados para gente está virando um produto; começando a produzir produtos usando os dados que tenho internamente. Estamos olhando para frente pensando em IA. Vejo uma combinação importante de dados com IA e agora inteligência artificial generativa”, apontou.




コメント


bottom of page